O quadro político-econômico do Brasil não está nada favorável.  A crise que afeta toda a nação é oriunda da absurda exploração dos cofres públicos por agentes que deveriam gerenciar as contas públicas. Estes se tornaram seus principais saqueadores! Não é hora de mudar as regras do jogo? Continue Lendo, comente e compartilhe!

Por Saulo Valley – O Observador do Mundo, Rio de Janeiro, 19 de Junho de 2017 – 09:03 GMT-3

Retour_d'_um_proprietaire
Obra em domínio público de Jean-Baptiste Debret

Explícita batalha “política” agora é pessoal! Cada político eleito tenta defender seus próprios interesses ou do grupo que representada! Sentados como reis sobre os cofres públicos estes usurpadores desistiram de ser contratados pelo estado para assumir (por ímpeto próprio) a posição de “donos do estado”. A ganância que une partidos de todos as bandeiras e ideologias sob as regras internas de um único líder a saber o presidente da república!

Um país controlado por bandidos que abusaram de sua principal atividade: Criar leis e fazê-las cumprir.

Só que estas leis deveriam ser para melhorar a vida do país e são apenas para manter os sequestradores do estado imunes de toda e qualquer punição.  Estas leis também punem a população em verdadeiras cadeias de projetos e emendas de lei, medidas provisórias, artigos e parágrafos que enforcam os trabalhadores comuns, os pensionistas e os servidores.

Enquanto luta pra se manter no poder (à qualquer custo), o presidente interino mais ilegítimo da história da nação corre para os braços de Vladimir Putin. De quem vai buscar apoio para se manter no poder, como fez o ditador Bashar Al-Assad, que controla a Síria. Mas a população sabe o que quer e que diante deste colapso da vergonha e da moralidade, os imorais resolveram tomar todos os tesouros da nação para eles e escravizar os que vivem uma vida digna sob verdadeiros valores morais.

As manobras do Planalto de Temer são as mesmas da era Lula e Dilma. Os mesmos crimes e as mesmas estratégias cujo foco principal é roubar as riquezas do país, distribuindo uma pequena parte com seus apoiadores e massacrando a maioria que rejeita tal abuso.

Os tempos não são bons para a nação verde e amarela. A época não é de paz e nem de fartura. Nossos recursos naturais estão sendo transformados em poeira e continuarão sendo até que mais nada sobreviva à tanta ambição política-empresarial. Tudo isto fruto do silêncio aliado da nação. Populares que visam mais o entretenimento diário que as responsabilidades. Abandonam a escola e os compromissos em busca de eterna diversão.

Um povo que se mantém assim, não merece ser uma nação! E pode não restar muito tempo para que uma potência (como a Rússia) decida invadir nosso frágil e desorganizado território paradisíaco para estabelecer suas bases.

“Estamos nos transformando no Haiti.”

Miséria crescente e desnível sócio-econômico em rápida evolução. O empoderamento agora é da classe corruptora política e do crime organizado. A verdadeira legitimação do caos. Estamos nos adaptando aos criminosos. Aprendendo a ajuntar tesouros pra quando chegarem não nos encontrar de mãos vazias. Estamos nos encolhendo e cobrindo nossas cabeças com terra para esconder nossa vergonha e nosso fracasso como nação. Estamos nas mãos da sorte. O que será o Brasil nos próximos 10 anos? Falta muito pra termos que imigrar desesperados para outro país em busca de refúgio ou vamos reagir em defesa de nossas próprias vidas?

Anúncios