Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

Criméia: 30 soldados russos controlam a Base Naval após ataque de milícia e Forças Especiais FED Russas

Deixe um comentário

Momento do ataque à base naval ucraniana da Criméia  por Milícia e Forças Especiais russas

Momento do ataque à base naval ucraniana da Criméia por Milícia e Forças Especiais russas 17-03-2014

A bandeira russa foi hasteada após a invasão do Quartel General da Base Naval da Ucrânia na Criméia. Os militares tentaram defender o patrimônio ucraniano mas foram surpreendidos com elevada superioridade de ofensiva russa. Após um dia difícil, com a morte de 1 militar ucraniano na base em Simferopol, vários momentos de tensão sinalizaram o fim da convivência pacífica entre as forças militares fiéis à Ucrânia e as forças de ocupação.

Após o referendo imposto pelo regime russo, os quartéis têm sido alertados e recebido ordens expressas para serem evacuados. Como nenhuma unidade militar é independente, os militares ucranianos remanescentes na Criméia aguardavam orientações por parte do Ministério da Defesa, que não se pronunciou, até que sniper russo matou um soldado durante uma invasão ao quartel ucraniano.

Na verdade as tropas da fronteira e das bases militares aguardavam orientações desde 01 de Março e até esta Terça-feira as únicas ordens eram para “não deixar as bases, proteger o equipamento militar ucraniano e baixarem as armas”. Após o incidente de ontem, o Ministério da Defesa enviou uma mensagem orientando aos militares ucranianos na Criméia que “usem suas as armas para defesa própria”. Uma grande covardia. Centenas de soldados e suas famílias deixados à deriva com ordens expressas para não utilizarem suas armas. Apesar da invasão se mantiveram fiéis ao juramento ao seu país e não arredaram o pé de suas bases e posições, mesmo mediante provocações reportadas desde o dia 11 de Março, que foi oficializada a invasão russa. Após a invasão, os militares não tiveram ainda tempo de deixar a região, até porque aguardavam o resultado do suposto “referendo”.

Agora tanto os militares ucranianos e seus familiares terão que agir por conta própria. Sem qualquer ajuda do governo federal ucraniano que está se borrando de medo das armas nucleares russas, e não consegue abrir a boca para liderar suas tropas para uma posição segura. Agora é só cada um por si. Alguns comandantes já falam em evacuar seus quartéis. No site militar “Sebastopol” (pro-russia), o ataque à base naval ucraniana foi tratado como “negociação” para a evacuação do prédio. De acordo com a fonte, que por várias vezes mencionou “repórteres da BBC” para validar sua versão sobre o fato, a base naval teria sido atacada por populares. Fontes de inteligência militar disseram que cerca de 200 atacantes chegaram a derrubar o portão das armas da base naval. O Coronel Dmitry Tymchuk disse que o que mais dificultou a reação dos militares da guarda ucraniana foi a presença de grande número de mulheres entre os atacantes da quadrilha dos “Auto-defesa de Sebastopol”.

O site que pertence ao novo governo, da “Nova Criméia”, disse que: “O comandante pediu meia hora para tomar uma “decisão”.

Atualização:

Citando a “Resistência da Informação” que disse nesta quarta que a Brigada 36 se rendeu à pressão russa e entregou suas armas e seu arsenal para a Federação Russa.

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s