Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

Mercado: Onde está o “boom” das vendas de Natal?

Deixe um comentário

O mercado mudou. Desde as formas de pagamento, com a explosão das maquininhas de débito, ao hábitos de consumo, cujas mudanças foram influenciadas pela crise global. Mas ainda assim, com as prateleiras abarrotadas, o comércio se prepara para o momento da grande procura de seus produtos…

Tendências do consumo de produtos by Saulo Valley - m_P1060862

Tendências do consumo de produtos pessoais by Saulo Valley – m_P1060862

Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 07 de Dezembro de 2012 – 17:00 GMT-3

As tradicionais compras de Natal há dez anos eram responsáveis por uma grande corrida. Uma real disputa do público consumidor por presentes, roupas, brinquedos, eletros-eletrônicos e em fim uma variedade de alimentos e bebidas para a farta mesa natalina.

Durante mais de 50 anos, as prateleiras ficavam quase que completamente vazias, até as últimas horas para a véspera do Natal. No dia 26 de Dezembro quase não era possível comprar mais do que produtos de padaria e bar, porque já não havia o que se vender no mercado.

Normalmente esta explosão de consumo, acontecia a partir da virada do mês de Novembro para Dezembro. Este fenômeno foi batizado de “Boom de Natal”, e durava até o dia 24 de Dezembro ao meio-dia, quando o comércio fechava suas portas.

Tendências do consumo de produtos by Saulo Valley - m_P1060884

Tendências do consumo de produtos Eletrônicos by Saulo Valley – m_P1060884

Novos tempos

Com a chegada da chamada “Crise Mundial” em 2008, o fluxo do capital ganhou inúmeros novos rumos, e o público consumidor começou a se adaptar e o “boom” tem passado desapercebido nos últimos anos.

Focado nos produtos de primeira necessidade, o mercado (que no Brasil se destacou pelo elevado poder de recuperação, mediante a crise global) passou a exigir mais destes produtos, eliminando os supérfluos e dispensando o desperdício, que era uma forma de “status” nos natais das décadas anteriores..

Tendências do consumo de produtos da moda - m_P1060865 by Saulo Valley

Tendências do consumo de produtos da moda – m_P1060865 by Saulo Valley

Uma das grandes influências nestas mudanças de hábito de consumo para o Natal, se deu com a mudança das regras de pagamento do “Décimo Terceiro Salário“, a gratificação anual que o trabalhador recebia no mês de Dezembro e Janeiro do ano seguinte, e que agora precisa que 50% desta bonificação seja adiantada já no meio do ano, por determinação do Ministério do Trabalho.

À partir disto para que fosse possível a realização das festas natalinas, o mercado criou uma ordem de consumo, e em forma gradativa de onda passou a se abastecer por etapas. Eu fiz um estudo destas etapas e quero compartilhar com você o resultado de minhas pesquisas, e se estiver errado, por favor me corrijam:

Hipoteticamente separado por meses a partir do início do segundo semestre:

  1. Materiais de construção e móveis.
  2. Brinquedos, presentes e eletro-eletrônicos para uso do lar.
  3. Roupas, acessórios e celulares tecnologias de uso pessoal, como tablets, notebooks.
  4. Produtos de decoração e utilidades domésticas.
  5. Alimentos não-perecíveis e bebidas, além de motocicletas e outros bem de médio porte.
  6. Alimentos perecíveis, bebidas, utilidades domésticas, automóveis, casas, roupas e calçados e estética.
Tendências do consumo de produtos by Saulo Valley - m_P1060866

Tendências do consumo de produtos by Saulo Valley – m_P1060866

Este último mês apresenta um consumo maior em função da última parcela do benefício, mesmo assim o fluxo é bem direcionado. Não significa que outros produtos não sejam consumidos, mas o grande volume de vendas é mais concentrado nestes setores, destacando ainda que a grande massa, acaba fazendo as compras de Natal nas lojas, empresas e supermercados de grande porte. Nomes já bastante difundidos pela mídia, que podem oferecer maiores variedades de opções, melhores preços no montante final da compra.

Em fim. Como diz Lulu Santos: “Como Uma Onda no Mar”, o fenômeno “Boom de Natal”, se transformou e passou a selecionar seus bens de consumo por etapas. Esta observação com certeza ajudará o comerciante a se preparar para as próximas corridas pelos produtos natalinos, sem terminar o dia 24 de Dezembro com um estoque assombroso e uma dívida sem fim!

 

*Este blog não tem patrocínio. Valorize nossos próprios produtos e serviços que costumamos anunciar. Obrigado pela audiência!

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s