Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

O trabalho árduo de fazer o mundo enxergar o que não quer ver.

2 Comentários

Os tempos estão mudados. Infelizmente para toda mudança sempre há os que se atiram para abraçá-la e os que se negam a aceitá-la. Os tempo são outros mas os humanos ainda são os mesmos que tentam administrar estas mudanças globais. Uns buscam se aproveitar delas para auto-promoção. Outros para o enriquecimento ilícito e outros para sair do calabouço de onde haviam sido deixados por anos ou milhares de anos para alguns povos.

Rio de Janeiro, 24 de Agosto de 2011 – 19h03min.

Um tempo em que o errado era o certo. A aparência valia mais que a realidade, e a verdade era dispensável se fosse possível manter um “aspecto aparente de justiça”.

Mas a mudança começou de baixo. Ela vem se expandindo pelo mundo como uma virose. As pessoas não querem mais sofrer a injustiça. Elas estão cansadas de serem usadas como capachos. Elas se negam a continuar vivendo uma vida de miséria enquanto batem palmas para os mais poderosos homens do planeta.

Este tempo está terminando. As pessoas querem sair de seus buracos e respirar ar puro. O mundo não aceitará mais que homens gananciosos, maliciosos e egoístas destruam o nosso planeta por completo, bem como sua população inteira para que somente alguns fiquem com todo o lucro e todas as vantagens de uma vida luxuosa e farta.

O AGORA é o tempo da igualdade, da liberdade, da justiça e da irmandade livre entre os religiosos de todo o mundo, pessoas de todas classes sociais e de todos os países. Uma anarquia organizada e controlada pelo pensamento coletivo.

O povo descobriu que: Não são os políticos que estão no poder. Os políticos são empregados assalariados para fazer trabalhos burocráticos e negociações em favor de sua comunidade, para trazer benefícios para toda a coletividade.

Com o passar dos anos de corrupção, os papéis foram invertidos, mas não as posições.

Os políticos continuaram no poder recebendo salários cada vez maiores, e com uma espécie de chicote psicológico, começaram a obrigar o povo a trabalhar mais e mais para aumentar seus dias de luxúria e estabilidade.

Mas felizmente, os povos de todo o mundo estão acordando para este truque sujo.

AGORA eles querem tomar de volta o controle das rédeas, porque estão vendo um mundo sendo jogado para o precipício, por pessoas que não têm o menor escrúpulo ou sentimento. Nada que seja mais importante que suas próprias ambições.

Por isto as revoluções estão em curso. De formas diferentes em cada país. Mas estão acontecendo, para que todos saibam que os tempos são outros.

Saulo Valley ficou conhecido como “O Observador do mundo“. Porque? Porque ele se aniquilou para que pudesse se entregar por completo para ajudar a salvar o mundo de uma situação caótica onde o cinismo, a falsidade, a mentira e o engano estavam se tornando os mais altos valores defendido pela sociedade contemporânea. No caminho encontrou um grande número de pessoas que haviam tomado a mesma decisão. A exemplo de Angelina Jolie e Brad Pitt. O mundo está mudando e muitas autoridades e personalidades de todo o planeta estão por causa das demandas populares. Isto será ainda mais forte nos próximos dias.

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

2 pensamentos sobre “O trabalho árduo de fazer o mundo enxergar o que não quer ver.

  1. Saulo Valley, parabéns por esta iniciativa. Certamente, ela está
    alinhada aos aguateiros da História, que sempre vem saciar a
    nossa escaldante sede de justiça. Talvez, como veio ao poeta
    Mahmud Darwish, quando escreveu A Procura De Uma Nova Canção:

    E chegará o dia
    Em que precisarei
    Buscar novas canções
    Em que precisarei cavar novas ruínas
    À procura da nova poesia,
    Em que rejeitarei as rosas
    Que vêm do dicionário;
    Pois rosas crescem
    No braço do camponês,
    Na mão do trabalhador,
    Na ferida do combatente,
    Na superfície do rochedo.

    Um abraço fraterno.

    • Que mensagem importante! Agradeço o carinho e a força! Por falta de tempo demoro a atualizar as matérias, mas também posso dizer que os leitores são bem mais inteligentes e interativo que no blogger. Meus parabéns pelo otimismo e pelo bom humor! Obrigado e um abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s