O anúncio da morte do Major General e líder do conselho supremo das forças armadas para a revolução do povo da Líbia foi feito ontem por volta das 20:00 GMT pelo Líder do Conselho Mustafa Abdul Jalil. 

Major General Abdel Fattar Youni - Foto: Revolução da Líbia

No momento do anúncio oficial da morte do General, 3 minutos de silêncio deixaram os líbios estáticos. Logo depois irromperam em gritos e brados de ódio contra Kadafi. Eles gritavam o nome do General Abdel e ameaçavam a Kadafi em marcha por Benghazi.

Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 29 de Julho de 2011 – 08h08min.

As poucas informações são estas:

Um ataque a tiros contra o Major General Abdel F. Younis no momento em que ele se dirigia para uma comissão judicial militar, após ter sido convocado para comparecer diante do Comitê do Judiciário.

No momento do ataque seus dois guarda-costas teriam morrido. RTNews informou nesta madrugada que o Coronel Muhammad Khamis and Nasir al-Madhku haviam sido atingidos no local.

Ontem, às 18:00 horário de Brasília foi informado uma sequência de explosões próximo ao prédio da inteligência da Líbia em Trípoli.

De acordo com o site egípcio “masrawy“, este ataque rebelde contra Trípoli aconteceu minutos após a notícia da morte do General líder da revolução.

No mesmo horário, na página de mídias oficiais da revolução da Líbia, havia um pedido para que os jovens não dessem ouvidos à mídia que falava de “divisão” no meio da oposição, porque não era verdade!

A página ainda postou um vídeo gravado em Março deste ano em que o Herói Mártir Major General Abdel Younis alertava aos jovens que não dessem ouvidos à mídia que estava recebendo informações da inteligência a serviço de Kadafi.

O Major Abdel lutou na revolução que levou Kadafi ao poder em 1969. Além dele, muitos outros ex-kadafi se uniram aos rebeldes e há quem acredite que alguns estão infiltrados para desestabilizar o unidade nacional da oposição.

Enquanto a mídia especula divisão, traição e corrupção entre os ex-militares de Kadafi, a revolução procura pelos corpos do general e seus guarda-costas. Decretado luto de 3 dias.

Atualização: 09h13min. A revolução anunciou nesta sexta-feira que o copro do Major General foi encontrado em Wadi Qattara, a 40 km de Benghazi. De acordo com a Reuters, Abdul Hakim sobrinho de Abdel Youni que informou que além de baleado, o corpo do líder havia sido queimado.

Velório do Major General Abdel F. Youni em Benghazi -

O velório está em andamento em Benghazi e o povo pede vingança.

Outro fato é que 149 milhões de Libras esterlinas retidos em Londres serão liberados para ajuda humanitária e suporte técnico para a revolução. De acordo com a Reuters os rebeldes disseram que estão precisando desesperadamente de dinheiro para tudo. O embaixador da nova Líbia já foi enviado para Londres e os EUA trabalham para criação de uma embaixada da nova Líbia supostamente em Washington.

Anúncios