Beijin enviou uma mensagem para o Presidente Bashar Al-Assad para pôr fim ao derramamento de sangue no país. 

Ministra Jiang Yu - Fonte: "chinapengyou.org"

Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 12 de Maio de 2011 – 19h26min.

O site árabe “sooryoon” informou que  o governo chinês, através do Ministério das relações Exteriores,  pediu à Assad para evitar o derramamento de sangue e buscar a estabilidade do país. Segundo o site, o governo chinês discordou de qualquer intervenção exterior nos assuntos internos da Síria.

Família Assad no poder hoje - Fonte: "sooryoon"

O governo chinês destacou que a Síria é um país importante para no Oriente Médio e espera que as partes envolvidas busquem o diálogo e evitem mais derramamento de sangue, e que forças externas não intervenham nas negociações para que não dificulte ainda mais a situação.

Foi destacado que a comunidade internacional desempenha um papel importante na manutenção da paz e na estabilidade do Oriente médio.

observação do site:

Embora a mensagem seja forte, a China e a Rússia foram os países que votaram contra a convocação dos Estados membros do Conselho de Segurança para uma reunião no dia 27 de Abril passado, por causa do massacre de civis.

Opinião:

Na verdade, a China vem tentando abafar a Revolução Jasmine em seu próprio país, desde o início das revoluções árabes.  Ela na verdade, está plantando, pra que caso precise ter seus próprios massacres na mídia que ninguém interfira! Este é o recado. ô mundo cão!

Anúncios