A madrugada foi violenta e o Exército e as Forças de Segurança mantiveram o ritmo intenso de opressão e massacres de adultos desarmados e crianças.

Syrian Revolution "Sexta da Raiva" 28-04-2011

Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2011. Atualizado 13h00min. 

As atualizações a seguir são de total credibilidade. Elas vêm das cidades sírias e das páginas de Facebook e Twitters de rebeldes revolucionários sírios. Minha audiência tem sido literalmente roubada pelo fato de eu não ser assinante de publicidade no Google. Meu propósito, como em todos os outros casos que já narrei AO VIVO, são com objetivo de levantar a opinião pública, a Nações Unidas e as potências mundiais para que saiamos em socorro das populações massacradas ou fragilizadas. Tragédia não é espetáculo – A hora anotada nos relatos é baseada no horário de São Paulo. Saulo Valley

00h00 Próximo da Meia-noite (hora de São Paulo) os Rebeldes informaram que um grupo estava orando perto de um vinhedo da bin Yahya nuclear Sharaf Zakaria bin nuclear. Eles solicitam à comunidade internacional por ajuda humanitária e ajuda na defesa de seus direitos humanos básicos.

Desde o dia 23 de Abril não é permitido entrar nem sair dos bairros. As muitas barreiras são mantidas por soldados do exército que portam “armas de fabricação russa – metralhadoras – Guenasat – m B B e tanques.”

Os recursos médicos em poder dos manifestantes são um pouco de algodão e antisséptico. Cada um tenta transportar num dos bolsos, para ajudar a alguém ou usar no caso de ser alvejado.

01h00 Em Maart foi denunciado o uso de gás lacrimogênio seguido de munição real contra manifestantes, culminando na morte de mais 3 inocentes e vários feridos…Continue lendo as atualizações de meia em meia hora por Saulo Valley 30-04-2011.

Anúncios