Se eu me colocasse no lugar do Wellington eu poderia ver o mundo por outro ângulo. Talvez pudesse ajudar a expor o que há de mais horrível na natureza humana, e que nós buscamos por meio de diversos artifícios manter em oculto ou disfarçar através de um largo sorriso, regras de bons costumes, etiquetas, aparência religiosa e posição social; Por que pessoas bem sucedidas não têm este tipo de problema… Mentira.

Na grade do muro do Ciep em frente a Casa de Wellington - Foto: Saulo Valley

 Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 21 de Abril de 2011 – 07h56min. Atualização: 17h30min.

Wellington, independente do que e quem era, estava fora da sociedade. Por isto, os últimos vídeos revelados pela polícia demonstram que ele estava criando sua própria sociedade!

Ele tinha formação religiosa com base nos “Testemunhas de Jeová”. Ao perder a conexão com sua mãe, Wellington demonstrou ter perdido a única pessoa que o fazia sentir-se seguro, enquanto lá fora, o mundo o perseguia por suas diferenças.

Estive fazendo uma investigação por conta própria e descobri (talvez a polícia já saiba disso) pequenos detalhes que formam uma grande realidade.

Quando perdeu sua mãe, Wellington buscou uma nova referência. Em seus vídeos, encharcados de amargura e em muitos deles drogado (em alguns casos por álcool), demonstrava que a raiz de sua crença ainda era com base nos ensinamentos dos Testemunhas de JeováCONTINUA…

Anúncios