Fonte: voluvia

Um espanto. 120 horas de espera. Quem vira reconhecê-lo? E quem o conheceu? É parente seu? Não meu.

Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 12 de Abril de 2011 – 12h57min.

Fonte: contosdeterror

Deitado sobre a mesa gélida do IML, espera que seja liberado para um enterro tranqüilo (com o mínimo de dignidade) que não fez por merecer. Será enterrado como indigente? Será deixado a apodrecer para que os abutres do céu ou os demônios do inferno venham comer sua carne podre e fétida?

Onde estará sua alma agora? Em sua carta de despedida deste mundo, assassino desejou o perdão de Deus logo assim que cometesse o mais terrível de todos os crimes.

Pode um pecador arrepender-se antes de ter cometido um crime premeditado?

Pode uma alma descansar em paz, levando sobre seus ombros as vozes de 12 adolescentes que gritam e centenas de parentes e amigos que choram e imploram pela justiça Divina? CONTINUAR…

Anúncios