>

Em contraste com o impressionante poderio bélico de Muammar Kadafi, a política interna começa a dar sinais de fraqueza. Logo após a deserção do Ministro de Relações Exteriores Moussa Koussa no dia 30 de Março, rebeldes líbios começaram a descrever os sinais de fraquesa do regime político de Kadafi, enquanto ele vinha progredindo em terreno antes dominado pelos revolucionários de oposição aos 41 anos de governo e ditadura.

Fonte: lh4.googleusercontent
Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 01 de Abril de 2011 – 08h57min.

Fontes árabes informaram que o Presidente da Inteligência Líbia Bouzid Dorda desertou e foi buscar exílio na Tunísia.

O vice-embaixador da Líbia em conversa com Ibrahim Dabbashi (ONU) disse que mais altos funcionários estão para renunciar por estes dias.

Segundo os diplomatas britânicos, o regime de Kadafi está desmoronando.

Diplomacia britânica tem conversado com pelo menos 10 outros funcionários do regime de Kadafi que devem desertar em breve.

Anúncios