>

A crise americana só tende a aumentar. Dentre os agravantes, destaque para as operações militares fora do país e a tragédia no Japão. Um relatório americano foi divulgado sobre as diversas áreas de produção japonesas que foram interrompidas pelas catástrofes de 11 de Março. Destas produções, EUA era grande consumidor.

Fonte: cbsnews
Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 29 de Março de 2011 – 10h33min.

Ter dinheiro, não ter como comprar. Ter gastos, não ter como recuperar… Assim caminha a américa que alerta para seu povo que o repasse dos mais de 550 milhões semanais em ofensivas contra Kadafi serão efetuados.

Fonte: abcnews

O Pentágono divulgou um relatório de gastos com a Líbia que pesarão no bolso do contribuinte americano.

Só os navios e Submarinos americanos dispararam pelo menos 191 mísseis de cruzeiro Tamahawk que equivalem em 268,8 Milhões de dólares.

Dezenas de milhares de dólares custaram cada bomba de precisão lançada sobre tropas e construções militares de Kadafi num volume de 445 unidades despejadas.

Fonte russiablog

Por Um F-15E que caiu por falhas mecânicas, os americanos desembolsarão a bagatela de 60 Milhões de dólares. “Felizmente o piloto ejetou e saiu ileso.”

Com a crise ampliada em, todo o mundo árabe e no japão, os combustíveis vêm aumentando radicalmente de preços, ao passo que vão ficando mais escassos.

Cada um dos três bombardeiros “B-2” que voaram de Missouri até a Líbia na primeira semana, consumiram 10.000 dólares por hora de operação. Isto representa em 25 horas de vôos (ida e volta) algo perto de 750 Mil dólares.

A Agência “ABCNEWS” disse que o deputado democrata Dennis Kucinich, de Ohio, escreveu em uma carta a repórteres na semana passada dizendo o seguinte:

“Já passei trilhões de dólares com as guerras no Iraque e no Afeganistão, os quais descemos em atoleiros invencíveis”, “Agora, o presidente está a mergulhar os Estados Unidos para mais uma guerra que não podemos pagar.” – Abcnews.

Anúncios