>

O Japão resolveu cobrar um imposto para a remoção dos entulhos que encobriram grande parte do solo nas cidades circunvizinhas a orla ocidental do país. Além do exaustivo esforço de procurar, corpos e identificá-los, ainda será necessário retirar todo o lixo deixado pelo terremoto e o tsunami de 11 de Março.


Por Saulo Valley – Rio de Janeiro – 25 de Março de 2011 – 09h43min.

Mas os tremores continuam e ainda reina o medo de que tremor e tsunami se repita. A usina nuclear de Fukushima ainda oferece muito perigo e a radiação vai se espalhando mundo afora.

Fonte: themegaworldnews

O Canadá e os EUA são os principais afetados pela radiação, por causa das correntes de ventos que normalmente vão naquelas direções. A fragilidade da crise nuclear ainda tem dificultado as buscas de pelo menos 10.000 corpos, estimados pelo governo japonês.

Fonte: risingsunofnihon

Abrigos

Ainda 1900 Centros de Evacuação estão abrigando 240 Mil pessoas. As informações são oficiais e revelam número acima de 27 Mil mortos e desaparecidos até esta sexta-feira (25-03).

Fonte: moderateindependent

Em suma o Governo atualizou hoje para 10.035 mortos e 17.443 desaparecidos, mas autoridades ainda esperam que o mar devolva muitos corpos. Os prejuízos anunciados giram em torno de 550 Trilhões de reais (25 Trilhões de Ienes).

Autópsias
Das dezenas de milhares de corpos, que estão além da capacidade de cremação por parte do governo japonês, 9890 passaram pela autópsia. Destes 6890 foram identificados e 6320 devolvidos as suas famílias, informou o “japantimes”.

Anúncios