>

O líquido mais importante para a vida humana vive momentosdifíceis. Um mundo de pessoas mal educadas e desinteressadas quanto ao nossofuturo.
Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 22 de Março de 2011 – 09h22min.

Preocupado com a escassez de água potável prevista até 2025,EUA busca soluções de racionamento, enquanto o Brasil consome hoje as reservasde amanhã.

Com a crise nuclear apavorando o mundo, a busca pelasenergias tradicionais e a desistência da luta pela formas renováveis de energiavai ficando bem explícita.

Com a forte tendência do mundo para a exploração ainda maisintensa das energias geradas à partir dos recursos hídricos, os apagões serãoos protagonistas da próxima crise mundial.
Estudiosos europeus têm observado o exagerado volume deevaporação dos leitos dos rios e mares. O forte calor produzido à partir dosol, tem criado densas massas de ar quente na atmosfera, o que tem dificultadoo processo de condensação das águas retidas nas nuvens.
Quando finalmente as massas de ar frio conseguem vencer asmassas de ar quente, geralmente ocorrem chuvas com níveis extremos, que podemoscaracterizar inclusive com dilúvios.

2011 foi eleito o ANO DAS FLORESTAS – Este pode ser oprincipal motivo para esta campanha. Se o solo terrestre fosse coberto em suamaioria pela vegetação, a terra teria um manto verde que impediria que 100% daágua absorvida pela terra evaporasse, bem como a chuva não seria imediatamenteabsorvida pelo solo, o que evitaria os grandes encharca mentos que provocam osdeslizamentos de terra e avalanches.
Enquanto os mares vão sendo bombardeados com  águas deesgoto supostamente tratados das cidades, os rios vão sendo ainda mais poluídospelas construções irregulares em suas margens, que além de tudo, despejamesgotos nas vias hídricas.
Preocupado com o descaso das sociedades, vejo que o mundotende a romper suas estruturas por causa da única raça no planeta que é capazde aniquilar seu próprio meio-ambiente e o os meios de todas as outras raçasexistentes!
Anúncios