Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>JAPÃO: As estatísticas da luta contra a ruína total do país.

Deixe um comentário

>

O Japão sempre esteve entre as maiores potências do planeta. Até o mês passado, ocupava o segundo lugar, que manteve por mais de 20 anos, perdendo apenas para os Estados Unidos. Sua posição foi superada quando no fim de Fevereiro foi anunciado que a  China, sua histórica rival direta havia ocupado a sua posição. Isto pode ter soado como uma explosão nuclear aos ouvidos de quem sempre se manteve a um passo do topo do mundo!


Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 14 de Março de 2011 – 11h19min.

No dia 11 de Março de 2011, um terremoto 8,8 de magnitude (mais tarde ajustado para 9,0) provocou a maior devastação do país, após gerar um Tsunami com cerca de 7 metros de altura, provocando a maior varredura e mortandade desde a Segunda Grande Guerra Mundial!

O país ainda vive à beira de um trágico acidente nuclear com chances de ultrapassar em muitas vezes o histórico acidente de Chernobyl.

Tragédia sobre tragédia, o número de mortos pelo terremoto e o Tsunami anunciados oficialmente no dia de hoje (14 de Março) já é elevado, mas poderá ainda dobrar, segundo dizem as autoridades japonesas.

Dentre as pessoas mortas ou desaparecidas já são mais de 5.000.

Diversas fontes locais informaram um incontável número de corpos encontrados na praia.

Os abrigos estão hiperlotados e atendem a mais de 55 milhões de pessoas que precisam de alimento, água, remédios e atendimento médico e psicológico.

Muitos ladrões têm sido vistos roubando nas regiões evacuadas.

Os governos locais não têm suporte para garantir a segurança de toda a população carente que subiu rapidamente para dezenas de milhares de necessitados desde as evacuações anunciadas em função do acidente na usina de Fukushima.

Outra dificuldade das autoridades é que elas não têm mais onde armazenar tantos corpos encontrados ou resgatados. Nem há condições apropriadas para a cremação!

Segundo o “Hokkaido” “O resumo atual das policias locais até as 2:00 PM é de 1.833 mortos, 2.369 pessoas desaparecidas informadas. Polícia da província de Miyagi disse que eles encontraram corpos de milhares de pessoas na praia da Península Oshika. 

 Segundo a polícia, os refugiados de Ibaraki e no Nordeste do Pacífico, foram 6, em Tochigi, a Prefeitura de Miyagi anunciou 320.000 e 130.000 em Fukushima e Ibaraki cerca de 60.000 pessoas”.

Foto: NASA

A Agência de Meteorologia anunciou que o volume de neve e chuva baixou no dia de hoje no Nordeste, e as autoridades ainda alertam para as condições de saúde nos abrigos.

Segundo o serviço de Meteorologia que tem observado a maré e o movimento das marés, pediu a evacuação das zonas costeiras às autoridades locais e moradores de Tokoro Takashi Aomori. Possibilidade de tsunami não foi confirmada.

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s