>

Em Fukushima mais de 5862 residentes estão sendo evacuados em uma área de cerca de 3 km. Ainda não há confirmação de vazamento de material radiativo.


Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 11 de Março de 2011 – 14h13min.

Num breve resumo, até agora em Fukushima, há 14 pessoas mortas 42 pessoas dadas como desaparecidas. 234 casas foram afetadas em Shinchichō, e dessas casas cerca de 150 desabaram. 19 incêndios em construções, incêndio em dois prédios, além de  fábricas e casas inundadas, informou a prefeitura.

Atualização 15h34: Em Fukushima 1800 casas foram destruídas. Autoridades acredidam que a conta dos mortos pode passar dos milhares, disse “Tokyo-np“.

A prefeitura de Miyagi, Wakabayashi-ku, Sendai anunciou entre 200 e 300 corpos encontrados.  A região onde os corpos foram encontrados fica numa área onde vivem mais 1200 famílias. Segundo a prefeitura, quase todas foram vítimas do Tsunami. Ainda o Aeroporto local teve 711 vôos cancelados por causa da inundação da pista.

Na província de Fukushima 336 pessoas desapareceram no Tsunami.

Em Yamada a notícia é que há “um monte” de corpos.

Numa empresa de construção naval na cidade de Ishinomaki, um navio foi arrastado pela costa com 100 passageiros à bordo. Também um trem descarrilou quando estava em alta velocidade em Senseki. Os detalhes ainda não chegaram.

De acordo com a polícia de Miyagi, pelo menos 350 pessoas foram encontradas mortas.

O serviço meteorológico NOAA divulgou uma simulação do efeito do terremoto sobre o Tsunami. Acesse ao link e veja em ângulo privilegiado. http://nctr.pmel.noaa.gov/honshu20110311/20110311Houshu.mov
Anúncios