>

Toda ditadura é igual, independente de sua filosofia fundamental. Um grupo de manifestantes Ienemitas foi às ruas para pedir o fim da ditadura e foram recebidos a tiros. Além de dois mortos outros sete ficaram feridos.

Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 04 de Março de 2011 – 11h01min.

O incidente aconteceu em Semla, uma aldeia que fica no Norte da província de Amram, disse a Aljazeera.

Contra uma pacífica manifestação pública que pedia o fim da corrupção, da ditadura e mudanças no governo, foram utilizados foguetes e artilharia. A informação veio através dos rebeldes xiitas à Aljazeera.

O governo Ali Abdullah Saleh tem sido questionado e pressionado por várias semanas pelas diversas tribos Iênemitas. Segundo a Agência Aljazeera, os manifestantes agora contam com a adesão dos Rebeldes xiitas, na investida contra a ditadura do governo Saleh.

Segundo a agência, a população busca a queda de Saleh, bem como a dissolução de seu governo político recheado de corrupção.

A exemplo de Mubarak, Kadafi e outros ditadores que buscam ainda continuar no poder, um mundo de ofertas e melhorias foram apresentadas ao povo ienemita, que tem ignorado em busca de um resultado efetivamente justo: O fim da tirania.

Anúncios