Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>China: Gigantesco número de guardas sufoca manifestação

Deixe um comentário

>

Revolução está carregando um saco de compras 
(Beijing) David Gray-Reuters 

  PEQUIM – No dia 27 de Fevereiro, houve uma segunda tentativa de reunião publica, para discutir a corrupção e as necessidades do povo chinês. Em outras cidades como Xangai, também houve tentativa fracassada.


Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 03 de Março de 2011 – 04h53.

  Mas um número esmagador de policiais e guardas de segurança, e ainda caminhões de limpeza que direcionavam poderosos jatos dágua contra o pequeno grupo, foram o suficiente para dispersar as primeiras tentativas de reunião.

  NA FOTO – Chineses criticam o pacifismo dos seus conterrâneos que perderam a vontade de lutar. Segundo o site Newsweek, pelo menos 13 cidades foram convocadas para as manifestações, mas a facilidade com que o governo dispersa aos pequenos grupos é justificado pelo fado dos “chineses não se importarem mais com a ditadura ou a democracia“.

  Usando táticas bem diferentes do Kadafi, o Primeiro-Ministro Wen Jiaobao usou a internet para conversar com a população, fazendo promessas como combater a corrupção entre os altos funcionários, combater a inflação e a alta dos imóveis, visando atacar as principais queixas da população. Segundo o Washingtom Post, a polícia procura dispersar grupos acima de 6 pessoas e pequenos grupos parados em praças ou em lugares habituais para protestos.

“Funcionários usaram os meios de comunicação estatais para descartar qualquer comparação desses regimes com a China . Ao mesmo tempo, eles intensificaram os comentários do público sobre a necessidade de resolver o “conflito social” e combater problemas como a crescente disparidade de renda entre ricos e pobres. Eles também detiveram uma série de ativistas e advogados de direitos humanos e bloquearam termos de pesquisa da Internet considerados sensíveis, como o ” Egito “,” Tunísia “e até embaixador dos EUA, Jon Huntsman Jr. nome chinês. E eles emitiram avisos aos jornalistas estrangeiros para ter ciência da lista de restrições”- WahingtonPost

Revolução Jasmine


  A revolução tem base na lenda de Jasmine, que assim como a Fênix, renasce das cinzas.

  Devido à pesada repressão, a revolução chinesa segue em passos lentos. Silenciosamente busca a volta da liberdade de expressão, no país onde TUDO o que se fala ou escreve é vigiado e selecionado pelas autoridades. O menor vestígio de contestação pode levar a prisão, tortura e morte.

  Para não serem presos, eles se reúnem silenciosamente contra a corrupção e a ditadura.

  A China é um país regido por poderosa mão de ferro. Desde sempre, os mais afortunados escravizam os mais pobres.

  Uma espécie de coronelismo que é praticada em qualquer nível da sociedade.
  As mulheres ainda têm vida escrava e nasceram para ser fiéis aos seus senhores esposos.
  As que trabalham fora ganham salários perto de 2 dólares ao dia, na indústria têxtil.

  Para sair do país, o governo exige que abram uma conta e depositem o mínimo de 10mil yenes, sem o qual nenhum chinês tem autorização para ir ao exterior. Muitos não ganham isto a vida inteira. Os chineses são apaixonados pelos shopping e grifes locais. Ali eles desfogam suas mágoas contra a opressão, por isto é que a foto no topo foi mostrada pelos chineses como “revolução”.

  Em entrevista ao Washington Post, um senhor de 71 misturou-se à multidão de curiosos em para acompanhar o movimento e avisou:


  “Eu vim aqui hoje para ver como as pessoas protestam contra o governo, que é corrupto e usa as regras de forma autoritária”. “Democracia é a tendência no mundo. Nenhum país do mundo pode ser uma exceção para o processo.” Ele também disse que “Lutar contra o governo é como um ovo batendo na rocha. Não importa se 10, 100, 1000, 10000, os ovos irão quebrar!

Anúncios

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s