>

  Aqui está a prova de que a situação em Sepetiba é realmente caótica! Ninguém quer ouvir porque o bairro fica na saída do Rio de Janeiro, mas para quem vive aqui, a situação passou dos limites e a postura da população vai mudar muito em função do desrespeito e da péssima qualidade do atendimento por parte dos “Serviços de Atendimento ao Consumidor”. 
Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 28 de Fevereiro de 2011 – 13h16min.
  Estas empresas que detêm (sem nenhum concorrente) o direito de prestar serviço básicos essenciais valem-se de seus próprios Departamentos Jurídicos e de seus  “Atendimentos Automáticos” (que não atendem a ninguém) e ainda se prevalecem do novo sistema de desligamento do fornecimento de energia elétrico à distância.
  Tudo é manipulado em função de NÃO RESOLVER o problema e obrigar a população a pagar suas abusivas cobranças além de ficar em silêncio.
  Uma consumidora, cuja conta havia ultrapassado dos R$ 800,00 procurou a loja da Light em Campo Grande para reclamar o disparate e a atendente respondeu que o valor era para pagar o “GATO” que os vizinhos dela faziam na região. Assista ao vídeo, depois dê sua opinião.


Quando fomos reclamar com a prefeitura a resposta que obtivemos são as mesmas de sempre: A Light é uma empresa privada. A Cedae é uma empresa privada. Então aqui é a china? Ninguém aqui tem direitos, só precisamos pagar?


 Ajude-nos a espalhar esta gravação e em breve traremos novas atualizações.

Anúncios