Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>MUNDO ÁRABE: A derrubada dos regimes tradicionais está em andamento

Deixe um comentário

>

A revolução popular do mundo Árabe começa a dar passos mais largos rumo à democracia. Cansados de tantos massacres, e cada vez menos apegados aos princípios religiosos, os Árabes seguem para a igualdade de direitos dos ocidentais e poderão ser seguidos em curto/médio prazo de tempo pela china e índia.
Grafite no blindado: Dane-se Mubarak – Foto:Abcharlie, publicintelligence

Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 14 de Fevereiro de 2011 – 05h58min.

Hoje em dia já se entende claramente que a religião e a política são irmãs, e uma é utilizada para reforçar a outra, de forma a governar no mesmo sentido. Estas forças paralelas antes levavam à completa devoção cega aos governos, que na maioria dos casos eram tornados deuses, pelos líderes religiosos pactuados com os líderes políticos.
 

Culto de adoração a Mao Tsé Tung

Exemplo disto é o Mao Tse Tung, que enquanto pra nós ocidentais, ele não passou de um ditador criminoso, ele é um deus venerado e respeitado na China. Esta veneração é mantida por força militar!

Se compararmos a quantidade de sangue derramado no mundo árabe, nos atentados terroristas com as recentes revoltas populares, veremos que chegam a ser insignificantes números de baixas nos protestos.

À cada bomba explodida, pelo menos 30 vidas são tiradas ao menos 1 vez por dia, no mundo árabe, sabia?

É por isto que não publico estas tragédias no meu Blog, porque isto já não é notícia mais.

Em um ano, quantos morreram? A evolução do mundo está apenas começando. Igualdade será a palavra mais usada que o termo globalização.

Se esta revolução tivesse acontecido há mais tempo, evitariam todo o sangue derramado pelas invasões americanas e européias nos países Árabes e africanos.

Direitos Humanos será a palavra de ordem acima da lei, porque a lei pode ser modificada, mas os direitos são sempre os mesmos, podendo ser ampliados, mas nunca reduzidos.

Se o mundo continuar reagindo desta forma, o Brasil, por exemplo, que é um país morno poderá ser enquadrado num regime pouco justo. Suas leis favorecem a democracia, mas ao mesmo tempo mantém o povo sob pressão quase que militar, e a população não encontra motivos fortes para reagir contra a corrupção política e desvio de quase 50% dos recursos federais, que acabam levando o povo à miséria permanente!

É só percorrer as cidades do interior, ou os bairros fora dos grandes conglomerados e perceber que nosso governo nem de longe é justo e muito menos democrático. Somos castrados. Não sabemos defender nossos direitos. Somo mudos e só reagimos quando a dor é extrema. Somos aquele povo alimentado por frases manipulatórias do tipo: “Sou Brasileiro e Não Desisto Nunca!”

É muito triste ver as pessoas proclamando este mantra, enquanto ganham salário mínimo de pouco mais de R$ 500,00 por pelo menos 8:00 horas diárias de trabalho, mais uma média de 3 a 6 horas diárias de condução trabalho/casa e casa/trabalho, quando a média do preço dos aluguéis de uma casa gira entre R$ 350,00 e R$ 600,00. Nem mesmo um rapaz solteiro gasta menos de R$ 400,00 com alimentação por mês!

Nenhuma escola primária cobra menos de 120,00 para cada criança no período de alfabetização.

Só que no nosso país, não existe controle de natalidade, nem campanhas de conscientização. Em conseqüência, temos uma média de 3 filhos por família, com rendas que vão de R$ 540,00 a 2000,00.

Sendo que na prática, a maioria ganha o mínimo. Pra incentivar os nossos jovens, os governos apóiam os estágios, e os coitados já vão se acostumando com a idéia de ganhar meio-salário ou R$ 400,00 por mês. Muitos deles saem dos estágios e aceitam trabalhar em qualquer lugar que pague pelo menos R$ 400,00 por mês, e ainda abrem mão dos seus direitos trabalhistas e do registro na carteira de trabalho.

Porque se depender de pagar R$ 540,00 as empresas não estão contratando…

Sem contar que os serviços públicos são pura fachada. Nada funciona na prática!

Cada nova melhoria não passa de uma forma sem vergonha de desvio de capital federal para contas pessoais ou privadas.

Isto não é motivo de revolta? No mundo árabe já é uma realidade. Minha opinião é que: Político que rouba dinheiro dos cofres públicos deveria cair em jure popular, pra acabar de vez com esta safadeza disfarçada no Brasil e devolver ao povo brasileiro o direito de ter a constituição sendo exercida em função do seu bem estar!

Quer fazer uma experiência? Sai pelo mundo dizendo que é candidato que todos os seus amigos vão começar a correr de você! Entra numa rede social falando de suas pretensões políticas que logo será denunciado como SPAMMER! Isto é pra você ver que a política no Brasil é adorada!

É porque o povo não tem forças para reagir, e fica se encolhendo quando vê seus direitos sendo literalmente castrados! Mas não faz nada! Se um juiz, ou alguma autoridade ou organização, não se esforça pra defender algum direito do povo, a coisa vai se arrastando porque ele é incapaz de reivindicar!

É aí que se explica o grande sucesso da música do Zeca Pagodinho: “Deixa a vida me levar. Vida leva eu…”

A atual política brasileira merece ser dissolvida. Apagada. Formatada e reinventada à partir do zero! Aqueles ladrões que estão no poder a mais tempo que Mubarak, alternado entre sí nos cargos, mas mantendo o mesmo padrão de vida e de desvios de capital federal, sem deixar de crescer nunca? Um dia precisa acabar!

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s