Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>URGENTE: UMA AVALANCHE NO CORAÇÃO DO MUNDO!

Deixe um comentário

>

Torre recriada em 3D por Saulo Valley

Por Saulo Valley – Rio de Janeiro, 21 de Janeiro de 2011 – 17h15min

Lá na região serrana do Rio, as mais lindas cidades turísticas, quase todas construídas por europeus,  completamente destruídas.  Milhares de toneladas de cimento, areia, concreto, tijolos e vergalhões completamente encobertos por lama. Soterrados. Famílias inteiras desaparecidas sob espessas camadas de barro e lodo fétido. Pais, mães, filhos e filhas… todos perdidos, brutalmente deletados da vida!

Da minha torre de vigia vejo a nuvem de poeira que se levanta na estrada. Alguma coisa vem em minha direção e com grande velocidade!

O atento Observador do Mundo, isto não é uma brincadeira; é uma realidade. Daqui acompanho praticamente TODOS os acontecimentos, e fico atualizado praticamente no momento que as coisas acontecem.  Sempre fico me perguntando: Porque nasci assim? Aguçado observo atônito aos depoimentos de inúmeros resgatistas e voluntários que estiveram nos locais de tragédia e aqui descrevo tudo em uma única ilustração.”

Compromisso

Armados de cuidados e na busca de cumprirem o juramento que fizeram ao se alistarem, os bombeiros cavam, puxam, arrastam, soltam, ouvem, gritam e choram. Vidas precisam ser salvas. Corpos precisam ser resgatados para um enterro digno, aos olhos lacrimejados de seus parentes abalados, mas precisam voltar para a última despedida. Quando resgatam uma vida comemoram. Quando a perdem, Choram! Quando dão entrevistas, se emocionam e por serem quem são, voltam ao trabalho sem perder as suas mais importantes diretrizes. Resgatar vidas ou seus corpos!

Quantos equipamentos serão necessários para resgatar as últimas amostras de vidas soterradas?
Quantas toneladas de barro, lama e lixo tornariam uma vida inalcançável?

Corpos em decomposição cobertos de lama. No topo dos entulhos homens que trabalham com afinco. Homens que sofrem e homens que transformam um cenário catastrófico, num palco iluminado!

Exibem suas marcas, seus produtos como em dia de decisão de campeonato de futebol. Demonstram utilizar seus esforços no resgate da memória de um povo, ou na consagração de suas próprias imagens para a mídia. Relatos de tristes e sofredores resgatistas, magoados com tamanho descaso me fazem escrever estas linhas, com profunda tristeza pelo homem que, sobre um monte de entulho, lama e defuntos, “sente-se importante e altivo de braços abertos no topo do mundo”.

Cercados de agências de notícias e todas formas de mídia, procuram ser vistos ajudando ou fingindo pesar.  Grupos que se oferecem para ajuda humanitária enviam produtos com tantas logomarcas que mal dá pra encontrar os produtos! Corporações militares e agências de notícias disputam os momentos mais chocantes, angustiantes e deprimentes, para realizarem um grande salto em suas carreiras ou se eternizarem!

De fornecedores varejistas da região que quadruplicam os preços da água mineral, a ícones de Telejornais que abandonam seus confortáveis estúdios para deixar registrado, que estiveram presentes na maior tragédia que o país jamais havia vivido!

Sem falar que estas grandes demandas de ajuda sempre terminam com infelizes notícias de recursos e donativos desviados para algum canto particular ou proveito de alguns…

Em meio a tanta autopromoção e frieza me pergunto: O que estas pessoas sentiriam se soubessem que debaixo de seus pés, estivessem seus pais e seus filhos?

Anúncios

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s