Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>SAÚDE: A "DIOXINA" CRIADA PELOS EUA COMO ARMA BIOLÓGICA INVADE OS ALIMENTOS E MATA MILHARES NO MUNDO.

Deixe um comentário

>

Aviões espalhando “Agente Laranja” no Vietnam.

Por Saulo Valley – Rio, 19 de Janeiro de 2011 – 16h39min. – Atualização 17h40min.

Surgimento – No exército, enquanto cursava o “CFC” (Curso de Formação de Cabos), eu estudei sobre uma arma química e biológica criada pelo governo americano e muito explorada na guerra do Vietnam entre 1961 e 1970.

Como os vietnamitas eram especialistas em ambientes de selva, davam a maior surra nas tropas do Tio Sam. Irritados com a persistente derrota, o Exército Americano decidiu se valer de uma fórmula que faria uma devastação sem precedentes por onde fosse pulverizada.  Assim, os vietnamitas não teriam onde se esconder e tudo ficaria de “igual para igual”.

Esta poderosa arma era conhecida como “Agente Laranja”, que matava e secava toda a vegetação que tivesse alcance em poucas horas. Mais tarde soube-se que os efeitos colaterais deste agente (que era na verdade a DIOXINA), eram infinitamente maiores que o esperado.

“O Agente laranja é uma mistura de dois herbicidas: o 2,4-D e o 2,4,5-T.” É altamente tóxico e cancerígeno.

FOTO – Um helicóptero UH-1D espalhando agente laranja em uma floresta na região do delta do Mekong (1969).

Em 1984, veteranos da Guerra do Vietnam, entraram com ações indenizatórias por danos físicos causados pelo “Agente Laranja”, contra as empresas que forneceram esta arma aos EUA. Um montante que chegava aos 93 Milhões de dólares, mas segundo o Wikipédia, o processo foi arquivado com a seguinte justificativa:

“Não há base legal para qualquer das alegações sob as leis domésticas de qualquer país, nação ou estado ou sob qualquer forma de lei internacional”
Vietnamita deformado pelo “Agente Laranja”

Pouco tempo mais tarde…

os países europeus entraram em pânico, principalmente a Bélgica que descobriu em seus alimentos, principalmente nos derivados do leite, traços de uma perigosíssima substância: a DIOXINA.

O “Agente Laranja” subiu vários níveis de popularidade e de comercialização mundo afora depois disto.
Hoje é apenas conhecido como Dioxina, a mais violenta substância criada pelo homem, considerada mais perigosa que o Urânio e o Plutônio.

Olhe estas fotos bem de perto.


“Se moléculas de cloro, estejam onde estiverem, são submetidas à altas temperaturas, em presença de matéria orgânica, algum tipo de dioxina irá ser gerado. Algum tipo, visto que a dioxina é membro de uma numerosa família que atinge a 200 membros, onde se incluem os furanos, igualmente periculosos.

Entre os males causados pela dioxina no homem podemos citar o extermínio das defesas orgânicas (comparado à AIDS), o surgimento de vários tipos de câncer e a teratogenia, isto é, a propriedade de geração de crianças deformadas (falta de nariz, lábios leporinos, olhos cíclopes, ausência de cérebro etc.)”. – GPCA

Vítimas do Agente Laranja – Clique na imagem para ampliar

“A Dioxina encontrada no leite de vaca produzido na Europa, originada de produtos importados do Brasil.

As autoridades européias depois de examinar uma ampla gama de possibilidades (detergentes, pesticidas, tintas, etc.), concluíram que a ração diária do gado continha níveis elevados de “dioxinas”.

Vários componentes da ração foram analisados separadamente e o farelo de polpa cítrica, proveniente do Brasil, foi identificado como a fonte da contaminação.

Em face do risco, em meados de 1998, a Alemanha proibiu o uso do farelo de polpa cítrica brasileira e a Comissão Européia, em seguida, também suspendeu estas importações para todos os países da Comunidade Européia.
Depois da suspensão de importações, apreensão de produtos e um silencioso trabalho de investigação pelas autoridades internacionais e brasileiras, chegou-se à conclusão de que a “cal”, utilizada em tantas aplicações industriais, e também para neutralizar o farelo de polpa cítrica, fora a responsável pela contaminação. 
Como resultado milhares de toneladas de polpa cítrica foram destruídas no exterior, outras milhares de toneladas deixaram de ser exportadas pelo Brasil em face da suspensão das importações pela Comunidade Européia, e até hoje não se tem notícia oficial sobre o destino da poupa cítrica não exportada”. – Consumidor Brasil

Vítimas do Agente Laranja – Clique na imagem para ampliar
 Alemanha interdita quase mil criadouros em escândalo da Dioxina. 
 DIAS ATUAIS – 15 de Janeiro de 2011

ALEMANHA – “Um fabricante de rações do estado da Baixa Saxônia está sendo acusado de ter ocultado informações das autoridades sobre a venda de rações possivelmente contaminadas com altos teores da Dioxina, substância considerada altamente cancerígena.

A ministra alemã da Agricultura e Defesa do Consumidor, Ilse Aigner, anunciou no sábado (15/1) que as autoridades da Baixa Saxônia só hoje  informaram ao governo federal que uma fabricante de rações sediada naquele estado, suspeita de vender rações contaminadas, havia ocultado informações. Diante disso, foi determinada a interdição de mais 934 estabelecimentos agrícolas na Baixa Saxônia, além dos cerca de 400 que ainda se encontram interditados em toda a Alemanha”.

Há fontes que discutem a contaminação dos OVOS já comercializados. – DW-WORLD

Anúncios

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s