Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>Morre TONY TORMENTA – chefe do DEL GOLFO – o mais violento Cartel Mexicano

Deixe um comentário

>

Segunda-feira 8 de novembro de 2010 | 13:28 pm 

México espera a diminuição da violência depois da morte do principal chefe do narcotráfico mexicano “Tony Tormenta”.

Ele era o líder do cartel de drogas del Golfo, Ezequiel Cárdenas Guillén, vulgo “Tony Tormenta”.
O governo mexicano espera a redução a curto prazo, da violência no nordeste do país, depois da morte, em 05 de novembro do terrível líder do cartel de drogas del Golfo, Ezequiel Cárdenas Guillén, vulgo “Tony Tormenta”.

“No curto prazo, sim (haverá violência). A instabilidade foi criada dentro das organizações criminosas, mas também uma forma muito imediata para fazer a pulverização dessas organizações”, disse hoje o secretário técnico e porta-voz da Segurança Interna governo mexicano, Alejandro Poire.

Em entrevista, ele disse que a ação lançada pela Marinha do México, após um confronto de três horas, que matou o “Tony Tormenta”. “É um passo muito significativo” para desmantelar o crime no nordeste do México, acrescentou.

“Tormenta” era o líder “mais alto das grandes organizações criminosas no país e, certamente, a maior vantagem foi no estado de Tamaulipas”, disse Poirier.

Ele lembrou que ele estava sendo procurando por “vários meses” devido à importância das ações do cartel
do Golfo, em vários crimes, como seqüestro e extorsão.

Poiré defendeu a estratégia para evitar os grupos criminosos.

“A capacidade de gerar a liderança não é infinita e não permanece absolutamente intacta após uma batida dessa magnitude”, disse ele.

Fotos – Borderland Beat

Poiré reconheceu que a captura de Ezequiel Cárdenas Guillén “era uma meta estratégica muito importante” para o presidente mexicano, decisiva no processo de “pulverização” das organizações criminosas “, precisamente para que eles não sejam capazes de gerar mais violência”.

Mas as autoridades também solicitou que o outro estado e municipios, sejam diligentes também “renovando a sua polícia, melhorando a inteligência e prevendo situações de instabilidade” que ocorrem em sua área de influência.

Até agora este ano, mais de 10.000 pessoas foram mortas em ações relacionadas ao tráfico de drogas e ao crime organizado, segundo um levantamento divulgado em 4 de novembro, pelo jornal Reforma.

Fotos – Borderland Beat Blog

Isso em uma onda de violência que até agosto do ano passado tinha deixado mais de 28.000 mortos no México desde 01 de janeiro de 2006, quando o presidente Felipe Calderón assumiu o cargo.

O presidente decidiu lançar uma estratégia frontal para combater o crime organizado no México e colocou na frente dela o Exército, a Marinha e Polícia Federal, que serviu para capturas de líderes criminosos, mas não conseguiu parar o onda de violência em algumas partes do país, especialmente em Ciudad Juárez. EFE

Fonte: http://www.rpp.com.pe/2010-11-08-mexico-espera-repunte-de-violencia-tras-abatir-a-narco-tony-tormenta-noticia_309186.html

Tradução: Saulo Valley

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s