>Jakarta Globe | November 03, 2010

Jacarta. Como as ilhas Mentawai continuam a luta para lidar com a perda de vidas e resposta de emergência na sequência da catástrofe do tsunami, Em Sumatra Ocidental, o Governador Irwan Prayitno partiu para a Europa por razões pouco claras e sem que ninguém soubesse.

O Irman Gusmão, chefe do Conselho de Representantes Regionais (DPD), confirmou nesta quarta-feira que Irwan, um político do Partido Justiça Próspera (PKS), havia deixado a Indonésia e estava em rota para a Alemanha.

“A recente condição psicológica das pessoas exige que o governador esteja presente”, Irman foi citado pelo portal de notícias Kompas.com.

Irman Gusmão, também de Sumatra Ocidental, acrescentou que a última comunicação com Irwan ocorreu durante sua escala em Dubai, Emirados Árabes Unidos.

Irman disse que não poderia impedir o governador de deixar o desastre que atingiu a própria província, porque ele só descobriu as suas intenções hoje (quarta-feira) nesta manhã.

“Talvez se eu houvesse descoberto sobre seus planos três dias atrás, eu poderia ter pedido para ele não deixar Sumatra Ocidental.”

O Jakarta Globe realizou chamadas para os escritórios de Irwan e residência oficial mas ficaram sem resposta na quarta-feira.

Ontem, Irwan pediu desculpas em sua página no Facebook a sua incapacidade de responder às mensagens.

“Sinto muito por todas as mensagens não respondidas, respostas, sugestões e críticas. Minhas atividades na realização do direito dado por Deus me fez perder peso e não tive chance de fazer logon no Facebook, “disse ele.

Enquanto isso, em seu site, ele convidou os voluntários a ajudar as vítimas do tsunami não para “empurra-lo.”

“Os voluntários devem priorizar a segurança em primeiro lugar. Não se esforce para sair para o campo, se o clima não é favorável “, disse ele.

Tradução: Saulo Valley

Fonte: http://www.thejakartaglobe.com/home/breaking-news-west-sumatra-governor-heads-to-germany-as-tsunami-disaster-continues/404699

Anúncios