Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>RODEIO DAS GORDAS, MAIS UMA AÇÃO DE UNIVERSITÁRIOS IDIOTAS E MARGINAIS

2 Comentários

>

(Por Saulo Valley e outros revoltados – 27-10-2010 09:03)

A Universidade deveria ser o lugar para pessoas cultas, de caráter polido e comportamento domado.
Mas de ano em ano, vemos que as coisas não são bem assim, infelizmente. Como NADA é perfeito em nossa sociedade, encontramos sinais de piores que a imperfeição; A IDIOTICE!


A falta de respeito pelas pessoas e pelas suas diferenças, anda cada vez mais acentuada, entre os “estudantes”! Que, aliás, não consigo entender o que é que eles aprendem!

No BLOG O PRIMEIRO DIA DEPOIS DO OUTRO” – Uma frustrada estudante denunciou no último dia 26 o vergonhoso torneio:

terça-feira, 26 de outubro de 2010


Rodeio das Gordas

Boa tarde caros colegas! Perdoem-me o transtorno, mas é necessário fazer uma denúncia, um protesto. Sou aluna da Universidade Estadual Paulista, Campus Assis, e é com imensa indignação que venho manifestar minha vergonha e meu ódio por ser obrigada a partilhar dos mesmos espaços que certos alunos. Todos os anos, nossa Universidade organiza um grande evento que teria por finalidade integrar os estudantes dos diversos campos com atividades esportivas e festas. No entanto, no último InterUnesp,(se não me engano, realizado nos dias 10, 11, 12 e 13 de outubro) na cidade de Araraquara, pessoas que possuem um estereótipo físico disseminado como incorreto em nossa sociedade saíram de lá estigmatizadas e humilhadas.


Trazido dos rodeios convencionais para a festa universitária por alunos do curso de Engenharia Biotecnológica da UNESP de Assis, o “Rodeio das Gordas” foi a forma de diversão encontrada por esses e outros alunos de outros cursos durante as festas de 2010. Os praticantes, autodenominados “peões” abordavam garotas gordas e as agarravam ou mesmo montavam em cima destas enquanto seus nobres amigos de rodeio o observavam para um posterior julgamento. Acumulava maior número de pontos aquele que conseguisse segurar a garota (enquanto esta se debatia) por mais tempo. O vencedor, ao final das festas ganharia um quite com bata e caneca oficial do “Rodeio das Gordas”.

Uma comunidade no orkut foi criada para disseminar a ideia e para que os supostos “peões” pudessem trocar experiências e técnicas desenvolvida com as “bandidas”, termo utilizado por Daniel, mais conhecido como “Cogu”, membro da comunidade para referir-se às garotas as quais agarrava violentamente. Além de agarrar, nossos caros colegas, de antemão justificavam à garota o motivo pelo qual esta teria sido escolhida : “Escolhi você por ser a garota mais gorda que já encontrei”.
Apesar de a iniciativa ter surgido de alunos de Engenharia Biotecnológica, por enquanto sabe-se com certeza que alunos dos cursos de Psicologia e Ciências Biológicas também participaram dos atos. Agora pergunto-me e pergunto-lhes: Que espécie de psicólogo será este que inescrupulosamente comete brutalidades físicas e PSICOLÓGICAS contra outros seres humanos? Que tipo de professor será este indivíduo estudante de biologia, capaz de acabar com a vida de um aluno após um ato de bullying em sala de aula?

Como uma amiga disse, assim como o Holocausto, o Rodeio das Gordas deve ser lembrado e discutido constantemente. Para que nenhuma outra pessoa sofra tal humilhação, manifestações e intervenções devem ser feitas frequentemente no intuito de conscientizar as pessoas sobre tais práticas, as quais precisam ser sempre relembradas com asco e para que cada praticante ou conivente com os atos brutais envergonhe-se todos os dias ao pisar no solo sagrado da diversidade, respeito e liberdade que é a Universidade, em especial, a Universidade Estadual Paulista – Campus Assis.
Mayara da Silva Curcio, graduanda em Psicologia pela UNESP – Assis.

O relato de outro viajante que passava por estas terras que denominou:
 
Lá na Terra do Nunca…

22 de Outubro de 2010, por Arthur Romio

22 de Outubro de 2010, por Arthur Romio. 

Ontem, dia 21/10/2010 (da pra pirar de com esses números!) eu e meus companheiros de aventuras (http://www.myspace.com/pedemacaco) pegamos a estrada de Bauru para Assis, onde acontece a IV Semana de Liberdade Criativa (http://semanadeliberdadecriativa.blogspot.com/) convidados para tocar e trocar experiências de coletividade, no grau mais genérico e amplo do assunto. Aqui vai meu relato dessa experiência inesquecível!!!
Há alguns meses o Enxame Coletivo recebeu um convite para participar da semana universitária de Assis. Rapidamente confirmamos nossa presença e passamos a nos preparar para esse evento, que é tão genuíno e espontâneo, como eles próprios se classificam.
Nossa participação se deu com o show da Pé de Macaco e com conversas instigantes sobre inteligência coletiva, novas formas de produção cultural, e relações humanas, com todos que paravam para elogiar o nosso show e queriam saber um pouco mais sobre nós.
UFA, missão cumprida!!!
Mas ai é que tá o grande lance disso tudo que estamos vivendo, não é uma experiência unilateral e consumista. Fomos lá mostrar nossa realidade de coletividade e nosso som quando nos deparamos com uma galera extremamente transgressora, libertária e subversiva, nos deixando totalmente à vontade para interagir e agindo com uma intimidade que parece até esquisita para quem não está acostumado.

O que nos chamou mais atenção, na verdade, foi a tal da história do rodeio de gordas (é, quando eu ouvi a primeira vez tive a mesma sensação). QUE PORRA É ESSA DE RODEIO DE GORDAS??(Faço questão de não poupar descrições no meu relato)

O rodeio de gordas, que começou no Interunesp (aonde mais podia ser?!) de 2010 com alunos do campus de Assis, consiste numa disputa na qual o indivíduo e seus amigos ficam com as meninas que têm uma quantidade de massa corpórea maior do que o padrão e depois do beijo dizem que a menina é a mais gorda que eles já viram na vida. Até ai você pode pensar, AH tudo bem é só uma brincadeira de universitários entorpecidos, mais NÃO, não pára por ai. Depois de acabar com a moral da menina o filho da puta ainda agarra nela enquanto a coitada se debate tentando sair correndo para chorar como uma infeliz na barraca da amiga, e o babaca que conseguir ficar 9 segundos agarrado na gordinha ganha!!!
Bom, rezada a missa, voltamos ao show. Lá pela saidera sobe uma gordinha no palco (que fique claro o meu respeito pelas diferenças, gordinha cabe aqui como algo carinhoso) e pega o microfone. Após soluçar algumas palavras que não saem da boca dos jovens, a menina lascou um beijo na loirinha que estava do seu lado, e quando eu torno minha vista para o público vejo vários compartilhando aquele momento como num flash mob do beijo, sem restrições. Trios e duplas de homens e mulheres todos misturados se envolveram num segundo marcado para sempre no histórico dos nossos shows. Percebi que aquilo era nada mais nada menos do que uma manifestação contra o rodeio de gordas mas, sinceramente não consegui entender por completo o que estavam querendo dizer. Percebi que era um grito sufocado de amor genuíno dentro daqueles jovens, fartos dos modelos estéticos e consumistas das relações humanas da nossa época.
Cansei de escrever e certamente ninguém que lia conseguiu chegar até aqui mas a internet é pra isso. AQUI FAZEMOS E CONTAMOS HISTÓRIA!!!!!

fonte: http://foradoeixo.org.br/arthurromio/blog/la-na-terra-do-nunca…

                                                      ________xx________

 QUALQUER DIA DESSES, ESSES CARAS SERÃO OS POLÍTICOS QUE GOVERNARÃO ESTE PAÍS, E NEM ME SURPREENDO SE ALGUM DENTRE ELES SE ELEGER PRESIDENTE DO BRASIL!
Saulo Valley

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

2 pensamentos sobre “>RODEIO DAS GORDAS, MAIS UMA AÇÃO DE UNIVERSITÁRIOS IDIOTAS E MARGINAIS

  1. >Teria que ser feito um rodeio de imbecís e os peões teriam que ser machos cabrios bem suados e fedidos para saberem o que é ser violentado oralmente!!!! Idiotas!!!!!

  2. isso é uma obscenidade de pessoas que não tem oque fazer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s