Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>ESCÂNDALO – 66.000 CIVIS MORTOS NA GUERRA DO IRAQUE – WIKILEAKS PUBLICA DOCUMENTOS SECRETOS QUE CHOCAM O MUNDO!

Deixe um comentário

>

O conteúdo dos documentos é verídico, altamente sigiloso (deveria ser) e estarrecedor!

As revelações dos abusos contra civis, por parte do Iraque e os Estados Unidos. Revelações que comprovam que os Estados Unidos infringiram regras pré-estabelecidas pela ONU.  E muito mais!
Os documentos narram o Dia-a-dia das operações no IRAQUE e deixaram as alta patentes americanas sem reação! Nem mesmo Barak Obama conseguiu esboçar uma reação ainda.

Revelações de que 109.032 pessoas foram mortas entre 2004 e 2009 , sendo que 66.000 civis foram fuzilados pelas “tropas” americanas. 63% dos alvos foram civis inocentes. O site wikileaks ainda revela o mapa com dado completos sobre o genocídio, inclusive a localização exata dos crimes e a comprovação de que não haviam militantes mortos no local.

Com a segurança redobrada, o criador do site Wikileaks revela que a empresa teve seus fundos de donativos bloqueados, em represália. A Casa Branca diz não ter “NADA A DECLARAR”. http://wikileaks.org/

 
MERCENÁRIOS – Não se trata do filme do Silvester Stallone, é uma realidade: Empresas Privadas de Segurança, foram contratados para atuar em nome dos EUA (COM CARTA BRANCA ,segundo revelações assombrosas)!
  
“Os documentos publicados pela Wikileaks trazem à luz, incidentes até então desconhecidos envolvendo empreiteiros militares como a Blackwater, agindo com imunidade legal, o que resultou nas mortes de civis durante a ocupação do Iraque. Fotografia: Gervasio Sanchez / APPouco depois de 10 horas do dia 14 de maio de 2005, um comboio de seguranças particulares da Blackwater andando pela “Rota da Irlanda” – o caminho do aeroporto de Bagdá – disparou contra um veículo civil iraquiano. Enquanto eles estavam lá, os homens da Blackwater dispararam por cima das cabeças de um grupo de soldados do Regimento 69 do Exército dos EUA antes de eles se afastavam em direção ao oeste em sua caminhonete branca blindado. Quando a poeira baixou, o motorista iraquiano foi morto e sua esposa e filha ficaram feridas.Uma breve nota de 57 palavras expedida na guerra do Iraque registra o publicado por Wikileaks. É a primeira evidência pública do tiroteio, como registrado pelos militares dos EUA.

O incidente é um das dezenas de “escalada de força” incidentes envolvendo empresas de segurança privadas no Iraque – que é jargão militar para um ataque injustificável, a quase totalidade dos que nunca têm sido relatados previamente. Blackwater, a empresa de Moyock, na Carolina do Norte, é responsável por cerca de metade dos ataques, seguido de perto por Erinys, uma empresa britânica de segurança privada registrada nas Ilhas Virgens, que parece ter um número invulgarmente elevado de acidentes com veículos.” fonte
MAPA DO CONFLITO E DADOS:
 “Como a mídia em primeiro lugar no mundo, ekstrabladet.dk pode agora mostrar todos os 391.832 relatórios sobre um mapa. No mapa, que você pode ampliar e ler todos os relatórios e obter uma visão única sobre a guerra no Iraque.

Você pode ler um relatório terrível de 22 Fevereiro, que conta a história de soldados dos EUA achava que os rebeldes não poderiam render a um helicóptero Apache. Assim, eles foram baleados. Foi a mesma equipe, cinco meses depois, atirou e matou um repórter da Reuters.

LER: Aqui está a prova de PM: Coligação sabia sobre a tortura!

Outro dos milhares de relatórios que você pode aumentar o zoom, o relatório, 29 Janeiro de 2007. O relatório narra a acção de batalha, que matou muitos insurgentes como a vida. As tropas americanas e iraquianas a combater rebeldes ao norte da cidade de Najaf: 411 rebeldes foram capturados e 262 insurgentes foram mortos.

Se você reduzir o zoom, você poderia ver que os eventos individuais se encontram muitos lugares diferentes no próprio Iraque. Não é erro de página Ekstra Bladet: Como é o material de dados que WikiLeaks postou. Isto é provavelmente devido a soldados dos EUA terem entrados as coordenadas erradas.

E agora você pode ainda explorar as milhares de relatórios. Se você encontrar algo que você acha que é o caso, ou mesmo que você tenha sido uma testemunha ocular de um dos relatórios,

escrever para 1224@eb.dk. Acesse: http://ekstrabladet.dk/112/article1436748.ece
 BLACKWATER – É descrito no WIKIPÉDIA.COM.br como o exército de mercenários MAIS PODEROSO DO MUNDO! Ainda fala sobre suas polêmicas operações, escãndalos e acusações de abuso de poder, tortura e morte de civis, em um escala bem menor que os dados revelados no “WIKILEAKS LOG”.

SAIBA MAIS SOBRE A ORGANIZAÇÃO. (obs: Há uma propaganda de 15 seg antes do documentário iniciar se)

Anúncios

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s