Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>O Café vicia? Qual é a substância? Pode ser considerado droga?

Deixe um comentário

>

Há mais de 20 anos atrás, o cigarro era vendido como um produto naturalmente feito de ervas desidratadas e etc. O Filme  “O INFORMANTE” foi baseado em fatos verídicos e conta que:

“Em 1994, ex-executivo da indústria do tabaco deu entrevista bombástica ao programa jornalístico “60 Minutos”, da rede americana CBS. Dizia que os manda-chuvas da empresa em que trabalhou não apenas sabiam da capacidade viciadora da nicotina como também aplicavam aditivos químicos ao cigarro, para acentuar esta característica. Na hora H, porém, a CBS recuou e não transmitiu a entrevista, alegando que as consequências jurídicas poderiam ser fatais. Baseando-se nesta história real, O Informante narra a trajetória do ex-vice-presidente da Brown & Williamson: Jeffrey Wigand (Russell Crowe) e do produtor Lowell Bergman (Al Pacino), que o convenceu a falar em público”.

O personagem interpretado por Russel Crowe (Jeffrey Wigand) quer provar que o cigarro é preparado em laboratório, com químicas que causam dependência química (intencionalmente), a fim de grarantir as vendas e o alto-lucro do “negócio”. Após anos e anos de luta, sofrendo ameaças e pondo a própria vida em risco, o ex-executivo consegue convencer ao Governo Americano, que havia substâncias que realmente causavam a dependência.

A demora se deu porque a maior concentração das substâncias altamente nocivas, não estão na palha (fumo) em sí,  mas (escondidas) nas diversas camadas do invólucro que chamamos de papel, mas quando aquecido reage e torna-se uma massa perigosíssima, quando absorvida pelo organismo!

Na vida real, hoje em dia, já está comprovado que o cigarro transporta em si, mais e 4.700 sunstâncias químicas pesadas.

OUTRA POLÊMICA DE NÍVEL MUNDIAL, É A COCA-COLA. NO ANO PASSADO, UMA MULHER ENTROU NA JUSTIÇA CONTRA A COCACOLA CO.  DEPOIS DE MUITOS ANOS DE DISCUSSÃO, ALGUM AVANÇO. FOI COMPROVADO QUE CAUSA DEPENDÊNCIA:

Justiça sueca autoriza tratamento de ‘viciada’ em Coca-Cola

Mulher não consegue controlar desejo de consumir o refrigerante.
Ela tem vários problemas de saúde, como diabetes e pressão alta.

Um tribunal sueco autorizou que uma mulher da cidade de Malmö faça tratamento contra sua dependência de Coca-Cola. Durante anos, ela tem lutado para controlar seu desejo de consumir grandes quantidades do popular refrigerante, segundo o jornal sueco “Sydsvenskan”.

Devido aos maus hábitos alimentares, a mulher tem vários problemas de saúde, como diabetes e pressão alta. Surda desde a infância, a mulher alega que sua dependência é um efeito colateral acarretado por sua deficiência auditiva.

Por causa do “vício” de Coca-Cola, ela havia entrado na Justiça contra as autoridades públicas na Suécia para ganhar acesso a um tratamento especial.

Embora as autoridades locais de saúde e o Tribunal Administrativo (Länsrätten) concordassem que a mulher tinha problemas graves de saúde, eles haviam negado um tratamento especial para a mulher.

No entanto ela entrou com um recurso no Tribunal de Apelação (Kammarrätten), que considerou que seu hábito alimentar era uma ameaça à sua saúde. Com isso, a mulher ganhou o direito de fazer um tratamento especial.


CAFEÍNA
Mas a controvérsia está no fato de que, refrigerantes de cola possuem como base, a CAFEÍNA, que provoca o bem-estar e acelera o raciocíno, causando uma sensação de realização.

A diferença entre o café e a coca-cola, é que a coca-cola é um refrigerante composto de diversas “substancias do prazer”, que produzem bem-estar, enquanto o café só depende da cafeína.

Na lista abaixo, a lista de bebidas com alto teor de cafeína.

Café expresso é, de longe, o campeão na substância

Café expresso – 95 mg
Chá comum* – 23 mg
Coca-Cola – 9 mg
Chá-mate* – 7 mg
Achocolatados – 2 mg
Guaraná** – 0,9 mg

Obs.: quantidade média de cafeína em cada 100 mililitros da bebida. Fontes: International Food Council Foundation (EUA), National Soft Drink Association (EUA), Ambev. *comercializado em saquinho ** marca Antártica

Atualização: 24 de Janeiro de 2011 – 21h52min.
Mas o que pouca gente das cidades urbanas sabem, é que o café que consumimos não é feito do legítimo e puro café! Quando o café é moído, a farinha é de cor uniforme. Não há variação. Não importa a marca. Você abre a embalagem e percebe que os grãos variam de cor, textura e tamanho… São as MISTURAS!

O problema é que ninguém sabe o que são estas misturas. Algumas empresas misturam a CEVADA ao CAFÉ para AUMENTAR o volume e alcançar uma certa economia. Há quem misture fubá torrado, também para aumentar e fazer render mais (para o comerciante, é claro). Quanto mais barato é o café, maior quantidade de cevada e outras misturas. O problema destas misturas é que estão fora do controle do IMETRO e da ANVISA. É como a cocaína que para ser aumentada, recebe mármore moído, ou bicabornato, ou sal, ou açucar, ou outra coisa branca qualquer!

Uma outra coisa, é que comprimidos para combater dores de cabeça, geralmente têm boa dose de cafeína, alguns são mais fortes e causam alívio quase que imediato, como o Coristina D. e o Paracetamol. A cafeína também age como anestésico, por isto a dor vai embora mais rápido, mas o problema continua lá!


Foi a dependência da cafeína inserida nos analgésicos e seus benefícios anestésicos, que Bruce Lee veio a falecer de EDEMA CEREBRAL. Mais recentemente Michael Jackson seguiu pelo mesmo caminho.


É por causa do bem estar causado pela cafeína, que as mulheres precisam tanto do chocolate; mais do que de sexo!!


“Informações ao Paciente:

O paracetamol é um analgésico que produz alívio rápido e eficaz da dor. A cafeína é um estimulante suave do sistema nervoso central que contribui para o alívio de alguns tipos de dores de cabeça. A associação de cafeína e paracetamol promove ação mais acelerada e eficaz do analgésico.
Porque este medicamento foi indicado?
®EXCEDRIN foi indicado para o alívio temporário de dores de cabeça, sinusites, resfriados, dores musculares, cólicas menstruais, dores de dente e dores artríticas de baixa intensidade”.

Por isto atuam mais rápido no alívio. Mas existem comprimidos para dores, que também contém outros anestésicos.

Acompanhe esta matéria a seguir:

Analgésico pode levar a “vício” psíquico ( Folha de S.Paulo ) 

“Qui, 27 de Maio de 2010 10:18

27/05/2010 – Uso abusivo de comprimidos comuns causa efeitos sérios como aumento de dores e dependência psicológica
Quem sofre de cefaleia está mais vulnerável; em 2009, brasileiros gastaram R$ 1,5 bi com esses medicamentos

Filipe Redondo/Folhapress

A advogada Vanessa Balan, 33, troca sempre de analgésicos, porque eles perdem o efeito

Para conseguir suportar as dores de cabeça que a atormentam dia sim, dia não, desde os 15 anos, a advogada Vanessa Balan, 33, recorre logo aos analgésicos.
Sempre que o remédio deixa de fazer efeito, troca de marca ou princípio ativo. Nas crises mais fortes, consome até três comprimidos por dia.
Ela e muita gente. Em 2009, os brasileiros destinaram mais de R$ 1,5 bilhão para a compra de dipirona, aspirina e ibuprofeno, alguns dos analgésicos mais vendidos. Equivale a mais de 120 milhões de embalagens, segundo o IMS Health, que audita o mercado farmacêutico.
O uso abusivo e a automedicação levaram a Anvisa a suspender a exposição dessas drogas nas gôndolas.
No caso da dor de cabeça, o problema é mais grave, porque essas drogas têm efeito rebote: quanto mais a pessoa toma, mais dor tem. Uma análise de estudos publicada no “British Medical Journal” mostra que a ingestão em 15 dias do mês é suficiente para causar o efeito.
Cerca de 7% da população tem cefaleia crônica. É o grupo que sofre de dor mais de 15 dias ao mês -e está sujeito ao abuso de analgésicos.
O efeito rebote parece ser desencadeado pelo uso regular dessas drogas: tomar um comprimido todos os dias é mais arriscado do que ingerir três uma só vez por semana.
“A cefaleia de rebote também é comportamental. A ansiedade e o medo de ter dor trazem mais dor, não é só o uso do analgésico”, diz o neurologista Mario Peres, do hospital Albert Einstein.

SEMPRE NA BOLSA
O uso abusivo provoca efeitos colaterais, como hipertensão, gastrite e hepatite -além de dependência psíquica. Que o diga Vanessa: “Se não tiver o remédio na bolsa, já fico neurótica, achando que vou ter dor.”
“Tem gente que acha que vai ter dor e já toma aspirina. Isso, quatro vezes por semana. Alguns nem sabem que os analgésicos podem causar problemas sérios”, diz Irimar de Paula Posso, chefe da equipe de controle de dor da divisão de anestesia do Hospital das Clínicas.
A aspirina, por exemplo, inibe a produção das prostaglandinas, que protegem a mucosa gástrica e os rins. “Isso causa hipertensão e insuficiência cardíaca. Basta tomar todo dia”, diz Posso.
O paracetamol, por sua vez, pode produzir hepatite medicamentosa -principal causa de transplantes de fígado nos Estados Unidos.

APAGANDO INCÊNDIO
Em vez de apelar para paliativos, o certo é prevenir as crises. “É preciso saber os fatores desencadeantes. O analgésico só está apagando incêndio”, afirma Peres.
Se o abuso de analgésicos já é um fato, indica-se um tratamento de transição, com drogas que não causam efeito rebote ou que são utilizadas por pouco tempo, antes de atacar a origem da dor.
A interrupção do ciclo vicioso pode, sim, trazer sensações desagradáveis. Muitos analgésicos contêm altas doses de cafeína, e sua falta causa a chamada cefaleia de retirada. Por isso, é bom um acompanhamento médico para parar com essas drogas. – Jornalista: RACHEL BOTELHO”

RESUMINDO: A CAFEÍNA, É A DROGA DO PRAZER E A SUBSTÂNCIA CONSIDERADA “A GALINHA DOS OVOS DE OURO” DAS INDÚSTRIAS ALIMENTÍCIAS E FARMACÊUTICAS.  QUANTO MAIS O TEMPO PASSA, MAIS REMÉDIOS, PRODUTOS ALIMENTÍCIOS E BEBIDAS RECEBEM BOAS DOSES DE CAFEÍNA, MAS A HUMANIDADE JÁ ESTÁ PAGANDO UM ALTO PREÇO!

Saulo Valley
Anúncios

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s