>

Hoje, o Site de notícias da VEJA, publicou a confirmação de 1000 funcionários fantasmas na Assembléia Legislativa do Amapá!

“De acordo com reportagem publicada nesta segunda-feira pelo jornal O Estado de S. Paulo, a PF analisa ainda um esquema de desvio de dinheiro por meio do uso de nomes fictícios nas cotas de cargos de confiança de parlamentares e dirigentes da Casa. O relatório das investigações obtido pelo jornal aponta que, embora a Assembleia Legislativa só tenha espaço para acomodar 1.000 pessoas, 2.491 servidores estão registrados na folha salarial – cujo gasto está acima do limite autorizado pela lei de responsabilidade fiscal”.
fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/pf-descobre-1-000-funcionarios-fantasmas-na-assembleia-legislativa-do-amapa

No BLOG do NEY PANTALEÃO – Denúncia de FUNCIONÁRIOS FANTASMAS NA RODOVIÁRIA DE TARTARUGALZINHO!

O município de Tartarugalzinho foi criado no dia 17 de dezembro de 1987, tem aproximadamente 13 mil habitantes, fica a 230 quilômetros da cidade de Macapá e tem como prefeito Rildo de Oliveira, que de acordo com agricultores e alguns vereadores tem feito uma atuação ruim como chefe do executivo.

Rildo foi denunciado na Promotoria de Justiça pelos vereadores Samuel dos Santos (PSB) e Riva Neves (DEM) por ter cometido prováveis irregularidades na prestação de contas do convenio 009/2006 celebrado entre o governo do estado e a prefeitura de Tartarugalzinho, para a manutenção do terminal rodoviário local.

(Terminal Rodoviário de Tartarugalzinho)

Tais irregularidades aconteciam na contratação de pessoal em que as pessoas relacionadas afirmam nunca haverem recebido nenhum centavo de tal serviço, e que sequer haviam prestado tais serviços.

O vereador Baianinho (PC do B), nos conta que estas informações só foram conseguidas, após uma investigação paralela que os denunciantes realizaram, pois segundo o vereador a câmara municipal de Tartarugalzinho não deu a mínima atenção ao caso, ou seja, o presidente da casa não teve a intenção de apurar tais denuncias contra o prefeito Rildo Oliveira.

De acordo com o prefeito de Tartarugalzinho, tais denuncias não foram comprovadas.

 

Anúncios