Saulo Valley Press

"O Observador do Mundo"

>Um dia olhando pela janela – BLOG

1 comentário

>Sabe aqueles dias em que você decide não ser uma pessoa comum? Aqueles dias que definitivamente, serão de vazios e cheios de interrogações e reflexões? Vou te contar uma coisa: Eu não sou normal.

Fico olhando o mundo pela janela. Observo cada detalhe do alto da minha torre. As pessoas andando na calçada. Os carros que se movem na pista… Olha, tem uma cara correndo pra alcançar o ônibus! E aquele guarda de trãnsito empurrando um carro enguiçado?! Daí, as imagens começam a se formar na minha mente, como se fosse um catalisador de vidas. Cada pessoa que passa, tem a sua própria. Se eu tivesse o poder de conhecer um pouco de cada uma delas? No que poderia tornar a minha? Ou se eu tivesse o poder de ser uma delas por algum tempo…

(Viajando)
Você já parou pra pensar, se na sua lista de sonhos incluiu exatamente TUDO o que vai precisar, daqui a 30 anos? Caramba, me esqueci de pedir pra morar nas margens de um lago no Canadá, cercado de iguanas ao som das vuvuzelas! E agora? Vou precisar trabalhar mais 30 anos pra construir isto! E olha que nem mencionei o fato de que o heliponto que desejei construir a vida toda, seria suspenso! Não por cabos de aço. Colchão de ar gerado por incríveis propulsores! Toda essa tecnologia pra eu poder instalar a antena VHF/UHF da minha TV de 14 polegadas, que importei do paraguay.
É sério! Não mencionei isto pra Deus! Será que ele teria anotado mesmo estes pedidos? Ou teria, tipo assim:
Fingido estar anotando dizendo: Hã hã. Ok. Hãhã. Anotado. Mais alguma coisa “senhor”?
Ah! então traz um sorvete de frango com cobertura de pimenta de reino e chocolate branco. Bastante mostarda, granola e umas rodela de aimpim cru! Tem café paulista? Pode trazer! Com gelo!

(de volta)

Observo na portaria do edifício um caminhão estacionado. Operários descarregam pesados fardos de farinha. Como será a vida deles ao voltar pra casa? Um corvete vermelho estaciona na porta do banco. O modelo é recente. Quem será o proprietário? Imaginei que fosse um surfista…Mas me surpreendo com um homem branco, aparentando uns 45 anos. Daqui de cima, vejo sua branquíssima careca. Enfeitada com algumas mechas de cabelo nos lados. Proximos à orelha. Tem um carro de transporte escolar, chegando…

O que é isto, afinal? Onde estão todos aqueles compromissos estressantes, os telefonemas consecutivos e as exigências dos clientes na caixa de e-mail? Porque será que a essas alturas eu ainda não comecei a trabalhar?
E se eu não quisesse ser eu mesmo por um dia, e quisesse experimentar uma outra vida?

(Uma pausa)
Ontem estava passando pela Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro e pensando… Se eu andasse a pé daqui até o Centro do Rio, gastaria metade da minha vida andando (até porque sou meio preguiçoso)!  Então compraria uma bicicleta, que seria melhor e mais rápido. Se não morresse na estrada, chegaria lá com o bumbum todo assado de tanto pedalar! Bom melhor opção é ir de moto! vrrrruuummm! Estou realmente indo rápido, mas os motoristas não respeitam meus direitos! Quero chegar logo, sem ficar preso nos congestionamentos. A melhor opção é “costurar” entre os carros. Mas daqui até o centro vou passar por uns 40 motoqueiros estendidos no asfalto com a cabeça esmagada! ESQUECE! Vou de carro! É confortável, mais seguro e ainda posso ligar o ar-condicionado, escutar boa música, namorar um pouquinho, se estiver bem acompanhado… Droga! Porque tem tantos semáforos daqui até ao Centro do Rio? Sai da frente, seu barbeiro! Tira essa porcaria do caminho! Não está vendo que estou com pressa? Seu guarda, não dá pro senhor abrir o sinal pra mim? Estou morrendo de pressa! Como pode o cara tá vendo que tá tudo congestionado e fica atravessado no meio da faixa! Odeio este trãnsito! AH! Se eu pudesse, largaria este carro aqui mesmo e iria andando!

Autor: Saulo Valley

Jornalista da Web, repórter, escritor, poeta, radialista, cinegrafista, fotógrafo, Videoprodutor, músico, compositor, modelador 3D, Mestre de Kung Fú e instrutor de Boxe Chinês. Os fatos mais atuais sob olhar analítico do "OBSERVADOR DO MUNDO". Acesse Saulo Valley Post in http://paper.li/f-1326286418 ou http://saulovalley.blogspot.com

Um pensamento sobre “>Um dia olhando pela janela – BLOG

  1. >Vc sempre me surpreende.Sucesso…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s